Reposição Hormonal

A queda na produção da testosterona, o principal hormônio masculino ocorre naturalmente após 40 anos, mas pode atingir níveis abaixo da normalidade com uma série de alterações na saúde masculina.

 

Além das consequências na parte sexual, com queda da libido e do desempenho, há importantes alterações na saúde emocional, como desânimo, irritabilidade e maior emotividade.

 

O diagnóstico é feito através da identificação dos sintomas e confirmado através da dosagem dos níveis de testosterona no sangue.

 

A reposição do hormônio quando bem indicada, melhora os sintomas já relacionado acima e também estimula a saúde dos ossos, da musculatura e melhora do metabolismo, inclusive em pacientes diabéticos, podendo melhorar o controle das taxas de glicose no sangue.